Retrospectiva musical: um sonoro adeus a 2013

por Marcela de Melo



O ano de 2013 deu o que falar no mundo da música a nível nacional e também internacional. Marcaram este ano que passou polêmicas, lançamentos, novidades e, infelizmente, falecimentos de ícones da música. Vale lembrar também as visitas de famosos ao Brasil, que “causaram” em solo tropical. E nesta retrospectiva vamos relembrar um pouco desses memoráveis acontecimentos.

O clássico e moderno Bob Dylan e o poder dos videoclipes



Bob Dylan sem dúvidas é um dos maiores artistas de todos os tempos. Seu estilo influenciou e encantou gerações, e o seu trabalho tanto como compositor quanto como cantor continua fazendo muito sucesso até hoje. Canções como Knockin’ On Heaven’s Door e Like a Rolling Stone já ganharam inúmeras versões de outros artistas de diferentes gêneros. Essa última recebeu nesses dias, 48 anos depois de seu lançamento como single, a sua versão em videoclipe. E o resultado foi mais do que à altura!

Tão “preciosa” que já está de volta às telonas


Ter estréia no cinema já é muito bom. Mas quando é de um filme que a gente ama e está aguardando loucamente, é melhor ainda. Portanto, se você é daqueles apaixonados por séries de fantasia, fã da literatura de J.R.R. Tolkien, e não se importa nem um pouco em assistir filmes com duas horas e meia de duração, pode comemorar, pois dia 13 de dezembro estréia “O Hobbit – A Desolação de Smaug” nos cinemas de todo país.

Hipermetropia


Ficavam ali descansando no galho alto do ipê. Quietos, iguaizinhos, se encaravam feito gente. Era ela se encantando a cada assovio. Era ele tentando lhe fazer serenata. E não conseguia. Era um sabiá. Era um sabiá que não sabia assoviar.

Samba Minas!

Imagem disponível em: mundoestranho.com.br

Tocado por instrumentos de percussão e acompanhado por violão e cavaquinho, o samba é um dos estilos musicais mais famosos no Brasil. Ele se tornou parte do país no período colonial, chegando junto com a mão de obra escrava que trouxe rítmos africanos para a música brasileira. Foi aí que a magia aconteceu. Apesar de ser marginalizado durante a década de 1920 por ser ligado à cultura negra, que era malvista na época, o samba passou a ser encarado como um símbolo nacional, chegando a todas as regiões. A partir daí deu origem a vários outros estilos, como a Bossa Nova, o Pagode, o samba de gafieira e o samba enredo.

Esse rítmo se tornou reconhecido principalmente no Rio de Janeiro, estado famoso por seus carnavais, época festiva em que várias escolas de samba desfilam ao som de seus sambas- enredo. Mas este estilo tão rico não é somente carioca ou paulista, e nem baiano. Ele também está presente em todos os cantos da nossa querida capital mineira, Belo Horizonte. Bandas como Capim Seco, o grupo Camafeu, Joãozito e Parceria e Camarão de Rama são um prato cheio para quem quer assistir a um bom show, e costumam se apresentar a baixos preços e em muitos locais de BH.

Se você é daqueles que têm o samba no pé e não perdem uma boa música, o site http://www.sambademinas.com.br/ mostra várias opções de locais para visitar, como o Bar Opção, e o Alfândega Bar, que nas tardes de sábado, apresenta cantores e compositores reconhecidos na capital e no estado. Para saber mais sobre essas apresentações e eventos, a página do Facebook Samba de Minas https://www.facebook.com/sambademinasoficial?ref=profile está cheia de novidades que vão incrementar a sua agenda cultural.

Vídeo de Dóris e Janaína cantando “Sonho Meu” no Alfândega Bar

O possível fim do que já deveria ter acabado


Após 23 anos no ar, no dia 30 de setembro a MTV Brasil estava oficialmente fora do ar na rede de canais abertos. Para os mais jovens, muitos deles não sabem quão emblemático e importante o canal foi para muitas pessoas e quão triste era presenciar seus trágicos últimos anos de existência. Mas antes que pudéssemos acostumar com a ideia de sua ausência, no primeiro dia do mês de outubro entrava no ar a MTV (sim, sem o Brasil) na rede de canais pagos. Quase dois meses depois, o Sem Pauta te conta porque a emissora deveria ter encerrado sua história naquela segunda feira.

O mesmo nome, um recomeço e novas pautas

Domingo, 31 de Agosto de 2008 era postado o primeiro texto de boas vindas ao Blog Sem Pauta. Lembro que nesse ano eu mal sabia que curso na faculdade eu faria, as preocupações de um jovem de 16 anos definitivamente eram outras. E assim como muita coisa aconteceu na minha vida desde então o mesmo podemos dizer desses 5 anos de existência do blog. Muitas pessoas e histórias estiveram aqui construindo suas trajetórias e traduzindo em palavras tudo em que acreditavam.